Tipologias de Um Fenômeno

Oficialmente, em Ufologia, adotam-se até o momento as seguintes classificações:

Luzes não identificadas são vistas.

Luzes não identificadas são vistas.

CONTATOS IMEDIATOS DE PRIMEIRO GRAU – referem-se ao simples avistamento de um OVNI.

CONTATOS IMEDIATOS DE SEGUNDO GRAU – incluem não somente o avistamento do objeto, como também a existência de provas tangíveis quanto à sua presença no local – assim como marcas de aterrissagens; queimaduras no solo e em veículos; circuitos eletrônicos danificados e etc.

CONTATOS IMEDIATOS DE TERCEIRO GRAU – são aqueles referentes aos contatos diretos com os tripulantes dos OVNI.

Discos são vistos a curta distância.

Discos são vistos a curta distância.

 CONTATOS IMEDIATOS DE QUARTO GRAU – são os  atualmente  mais em evidência e considerados de extrema  importância dentro da  pesquisa ufológica. Correspondem às  chamadas abduções, em que  seres humanos são seqüestrados e  geralmente levados à força para  os interiores das naves, onde são  submetidos involuntariamente às  atividades experimentais das  diversas criaturas que as tripulam.

 CONTATOS IMEDIATOS DE QUINTO GRAU – são os que afirmam  manter as pessoas ditas sensitivas, as quais se comunicariam através  de meios metafísicos com esses tripulantes e algumas entidades  superiores que os dirigiriam.

CONTATOS IMEDIATOS DE SEXTO GRAU – igualmente bastante atuais, dizendo respeito aos casos de ferimentos, mortes e outras injúrias em seres humanos, decorrentes do encontro com um OVNI.

5º Grau descritos na imagem.

5º Grau descritos na imagem: ufologiaobjetiva.

Como se pode constatar, essa variada gama de ocorrências que tendem a aumentar as suas classificações de
maneira sempre crescente, reveste-se de nuances muito vastas. Tudo, porém, começou nos tempos modernos com o avistamento efetuado em 24 de junho de 1947 pelo empresário e piloto particular Keneth Arnold que comandava o seu Cessna naquela tarde, por sobre as Montanhas Cascades, em Washington, EUA. Subitamente teve a sua atenção voltada para uma esquadrilha de estranhos objetos que voava em formação irregular e não convencional. O líder dos OVNI, aquele que era o maior de todos, desenvolvia espantosa velocidade e a sua envergadura foi calculada em cerca de 30 metros!

Tendo sido o primeiro a alertar o mundo para a existência desse fenômeno, muito embora ele já se manifestasse desde bastante tempo, a declaração de Arnold para os jornalistas também serviu como ponto de partida para, por assim dizer, “batizar” os estranhos objetos que segundo ele emitiam “flashes”, com o título de DISCOS VOADORES – em razão das suas notáveis similaridades com pratos ou discos, os quais executavam espantosas manobras nos seus deslocamentos.

Seres

Seres Extraterrestres

Esse, que é um contato de PRIMEIRO GRAU, representa atualmente a maioria das ocorrências associadas ao fenômeno. Essas máquinas espantosas que solenemente ignoram as nossas fronteiras e barreiras, parecem sentir especial atração pelas nossas atividades militares e de defesa. Assim sendo, sem contarmos os milhares de avistamentos efetuados todos os quadrantes do planeta pelas pessoas, digamos, físicas, vamos abordar alguns incidentes envolvendo esse tipo de contato:
Em 7 de novembro de 1975, em Montana, EUA, um OVNI desafiou abertamente os rígidos esquemas de defesa de uma base aérea, sede dos mísseis Minuteman, ficando por longo tempo pairando a uma altitude de apenas 300 metros. Quando dois caças F-106 foram despachados para interceptá-lo, o objeto simplesmente se desmaterializou diante dos olhos dos pilotos e também das telas dos radares que monitoravam a operação!
Capazes de se deslocarem em espantosas velocidades que por vezes chegam a atingir mais de 30 mil
quilômetros/hora, essas enigmáticas máquinas voadoras cujas origens simplesmente desconhecemos, também possuem a faculdade de realizarem incríveis manobras que desafiam todas

as leis conhecidas da Física, bem como se materializarem ou desmaterializarem à vontade na nossa atmosfera. E durante a primavera de 1959, foi a vez da extinta URSS: em Sverdlovsky, sede do comando tático de mísseís, foi observada durante longo tempo por vários OVNI que se limitaram a escapar em estupendas velocidades quando os caças MIG se aproximaram em manobras de interceptação.
Os cosmonautas do módulo soviético Soyuz-6, também efetuaram um notável Contato de Primeiro Grau e que, face às suas características, poderia sem dúvida ser enquadrado na Categoria Segundo Grau: em 1988 filmaram por nada menos que duas horas um desses objetos que sem a menor cerimônia acompanhava todas as manobras que eram realizadas pelo módulo em órbita da Terra. Esse foi, aliás, considerado um dos mais longos e melhores filmes oficiais já obtidos.

Gordon Cooper

Gordon Cooper

 Em maio de 1963, o astronauta americano Gordon Cooper, também quando  orbitava a Terra, foi protagonista de outro notável contato desse gênero: através do  rádio de bordo notificou que da sua cápsula se aproximava um disco de luz verde  com flashes vermelhos, o que foi comprovado por cerca de 200 pessoas que  rastreavam o vôo nos painéis da NASA.

 Em março de 1989, um outro piloto da Discovery transmitiu durante duas vezes a  seguinte mensagem, a qual foi inclusive captada por radioamadores: “Houston,  this is Discovery…we still have the alien spacecraft under observance. Over!

Houston, aqui é a Discovery…nós ainda temos a espaçonave alienígena sob observação. Câmbio!” Que
primor de transmissão! A NASA, após ter classificado dezenas e dezenas de observações efetuadas por outras missões como “lixos espaciais” e outras coisas ainda mais inverossímeis, numa transmissão via rádio reconhece que se tratava de uma espaçonave… E ainda por cima ALIENÍGENA!
Os astronautas, tanto americanos quanto russos, aliás, parecem ter sido os maiores envolvidos com esse tipo de contato. Em novembro de 1976, Lowin e Aldrintripulantes da cápsula Gemini -12 – foram cercados em pleno espaço e estritamente observados por quatro máquinas voadoras, as quais foram por eles classificadas como “quatro objetos que não são estrelas”.
Coisa que decididamente não era novidade para a NASA uma vez que, bem antes desse fato, o astronauta John Young reportou o encontro com dois “objetos brilhantes deslocandose na nossa rota e parecem satélites”, quando orbitava a Terra na cápsula Gemini-10. Já em 1965 foi a vez de McDivitt que descreveu o encontro com um OVNI resplandecente e dotado de uma espécie de cauda!

Cooper, sendo resgatado pelo Helicóptero

Cooper, sendo resgatado pelo Helicóptero

Mais impressionante, contudo, foi em 1963 quando a transmissão via rádio de Gordon Cooper foi sobreposta por uma estranha mensagem, proferida em um idioma totalmente desconhecido na Terra, quando uma daquelas naves acompanhava de perto o seu módulo espacial! No mesmo ano, uma outra missão espacial russa foi
cercada e “estimulada” a ser interrompida, por nada menos que três OVNI que a fizeram a cápsula vibrar com tamanha intensidade que quase se desintegrou.
Com relação aos Contatos de Segundo grau, são de fato milhares os relatos. provenientes de todas as partes do mundo, e que dizem respeito às marcas físicas de aterrissagens deixadas pelos OVNI durante os seus pousos. Da mesma forma que os automóveis com as pinturas totalmente calcinadas quando expostos aos sobrevôos dessas máquinas; rádios e demais aparelhos eletrônicos destruídos pela simples proximidade delas e outras coisas similares. São fenômenos até corriqueiros no âmbito da pesquisa ufológica.
Já os chamados Contatos de Quinto Grau, os quais envolvem as pessoas ditas “sensitivas” e que afirmam, através de meios metafísicos, receber mensagens de supostas inteligências e entidades extraterrestres, são bastante complexos, uma vez que, por serem altamente subjetivos, escapam por assim dizer das possibilidades concretas de análise. sabe-se que os tripulantes dos OVNI literalmente dominam as mentes humanas e quanto a isto não resta a menor dúvida. Porém, na maioria das vezes, os chamados “sensitivoscontatados” dizem receber mensagens de seres que se situariam em mundos milhares, e por vezes milhões, de anos-luz distantes do nosso pequeno planeta. São mensagens na maioria das vezes extremamente repetitivas e que podem, sem muitos esforços, ser encontradas em todos os antigos tratados de filosofias orientais e esotéricas. Outras transmitem essas mensagens supostamente recebidas, quase sempre prenunciando terremotos e tragédias, inclusive com datas marcadas, as quais nunca se concretizam. Isso sem contar os oportunistas que ganham até bastante dinheiro atraindo crédulos para as suas “associações de pesquisas ufológicas” que, em última análise, confundem o estudo de uma ciência séria e até bastante preocupante com fundamentos e crenças ligadas às religiões por eles mesmos criadas.

OVNI - desferindo um 'tipo de luz' no dolo

OVNI – desferindo um ‘tipo de luz’ no dolo

Passando aos Contatos de Sexto Grau (aqueles que dizem respeito  aos casos de ferimentos, injúrias e mortes em decorrência de  encontros com OVNI), começamos a perceber que a coisa está se  tornando bastante séria! Podemos começar, a título de exemplo, com a  opinião do cientista soviético Felix Ziegel o qual publicamente  afirmou que os OVNI foram diretamente os responsáveis pelas mortes  de vários astronautas russos, em pleno espaço sideral!

 Como de fato, pois em 1965 a expedição orbital, comandada pelos  astronautas Belaiev e Leonov, foi comprovadamente abatida por  um misteriosos satélite alienígena – o  qual tinham exatamente por  missão investigar na órbita da Terra! Em  desespero, os cosmonautas  relataram que o misteriosos objeto os  atacava e que se aproximara  tanto que simplesmente o módulo soviéticoapagou”, vindo a se precipitar totalmente descontrolado, embatendo-se contra as regiões geladassituadas a milhares de quilômetros do ponto previsto para o pouso de retorno – e causando a morte dos indigitados tripulantes.
Outros casos de hostilidades já se tornam sobejamente conhecidos. Ocorrências de ataques deliberados por parte dos tripulantes dos OVNI somam-se aos milhares e algumas delas são verdadeiramente estarrecedoras. Por sua vez, as mutilações em animais e seres humanos têm sido detectadas há bastante tempo.

Por todas as partes do mundo, notadamente nas regiões mais afastadas e campestres, a coisa começou com os inexplicáveis sumiços de gados e outros animais de criação. Quase sempre acompanhados dos avistamentos daquelas máquinas misteriosas. Essas ocorrências tiveram o seu clímax com posteriores encontros de alguns desses animais horrivelmente mutilados. Tais mutilações causaram espanto pelo fato de denotarem ter sido efetuadas mediante a utilização de avançadas técnicas cirúrgicas, algumas delas desconhecidas aqui na Terra!
Pequenos orifícios circulares, por exemplo, através dos quais foram totalmente retiradas as vísceras e demais órgãos internos, através de uma técnica de aspiração incrivelmente perfeita. Esses animais ficavam, em contrapartida, sem uma única gota de sangue sequer…Totalmente drenados! Em alguns casos, orelhas, narizes e pernas foram extirpados com uma perfeição de causar inveja aos nossos mais afamados cirurgiões! O que em outra palavras equivale a dizer que os animais foram levados para algum lugar e submetidos através de tecnologias desconhecidas às experiências (ou mesmo algo que escaparia à nossa compreensão) e depois jogados fora como simples despojos já inutilizáveis e, por conseguinte, descartáveis!

Descrevendo os "sete tipos de contatos imediatos"

Descrevendo os “sete tipos de contatos imediatos”

A coisa começou todavia a ficar bastante mais séria e preocupante, pelo fato de já terem sido encontrados –
geralmente em lugares ermos- cadáveres de seres humanos apresentando as mesmas sinistras características! Aqui mesmo no Brasil, somam-se às dezenas essas ocorrências geralmente classificadas pelos peritos criminais e autoridades policiais como “homicídios executados com requintes de crueldade”.

O fato mais estarrecedor, além é claro das estranhas marcas deixadas por instrumentos cirúrgicos desconhecidos neste mundo, é aquele representado pela invariável constatação dos legistas quanto à presença de SINAIS DE REAÇÕES VITAIS… O que vem a significar que as inomináveis torturas foram executadas com os seus infelizes protagonistas, ou vítimas, AINDA VIVOS!!!


Isso atesta que seres humanos estão sendo violentamente mutilados, tendo seus olhos, narizes, orelhas, intestinos, sangue, órgãos genitais e etc, literalmente extirpados a sangue -frio até que a morte lhes sobrevenha!

Um fator constante nesses casos, assim como ocorre com os animais, é a invariável existência de minúsculos orifícios, geralmente encontrados na região abdominal das vítimas, através dos quais uma máquina diabólica consegue aspirar metros e metros de intestinos; fígados; estômagos e outros órgãos!


Sem dúvida um fator novo e preocupante no campo da moderna pesquisa ufológica!

 

Tipos de Contatos Imediatos.

Tipos de Contatos Imediatos.

 Propositadamente deixamos por último nessa pequena análise  introdutória os chamados CONTATOS DE QUARTO GRAU que,  recordemos, envolvem os seqüestros e que irão particularmente  nos  interessar a partir de agora. Devido á sua importância, os  eventos a  eles associados foram modernamente divididos em  quatro sub-  grupos:


 EVENTOS TIPO A = bastante raros e que se reportam às  pessoas  que retornam desses contatos com plenas lembranças  de todos os  fatos ocorridos. Freqüentemente ocorrem fora dos  ambientes das  testemunhas -no campo, por exemplo – e se dão a  qualquer hora,  indicando tratar-se de mera casualidade. Em suma:  a pessoa errada  no lugar “certo”!


 EVENTOS TIPO B = esses, por mais incrível que possa parecer,  são reais. Dizem respeito aos seqüestros de que são vítimas as pessoas que se acham nos interiores das suas residências! Tal como fantasmas, alguns tipos de criaturas que tripulariam os OVNI possuem a estranha capacidade de atravessar paredes e portas, como se fossem dotadas de uma estrutura molecular diferente da nossa e muito provavelmente originárias de outras dimensões. Atacam geralmente as pessoas previamente por elas “marcadas” através de implantes e por isso mesmo escolhidas como vítimas forçadas das suas experiências médicas e sobretudo genéticas.


EVENTOS TIPO C = envolvem essas mesmas experiências, porém associadas a lapsos de tempo e apagamento de memória das vítimas. Geralmente levadas para os interiores das naves alienígenas pelo tempo que se assemelha a algumas horas, os protagonistas desses surpreendentes contatos surpreendem-se no retorno pela constatação da passagem inexplicável de vários dias, ou talvez semanas. São os eventos de natureza mais predominante, haja vista que 99 por cento deles envolvem não só esse curioso fenômeno, como
também uma completíssima lavagem cerebral – capaz de bloquear com notável eficiência os mecanismos de lembranças dos cérebros humanos!


EVENTOS TIPO D = trazem de volta e evocam os aspectos metafísicos do fenômeno. Nesses casos, as
ocorrências se dão por intermédio de meios ditos telepáticos e sem aparentes contatos de natureza física.

FonteOVNI – MISTÉRIO DESVELADO A INCRÍVEL VERDADE! Sérgio Russo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s