Sinistras Perspectivas

A guerra do Vietnam, que se arrastou por durante longos dez anos, foi aliás o cenário favorito para uma intensa onda de atividades , exercidas pelos OVNI e sues misteriosos tripulantes.

Milton Cooper, durante a realização da Whole Life Expo, em Los Angeles no dia 17 de novembro de 1989, proferiu uma palestra pública na qual acrescentou coisas ainda mais surpreendentes às suas denúncias anteriores: Começando por relatar os antecedentes da sua vida, bem como de toda a sua família, tradicionalmente associada à vida pública e militar nos Estados Unidos da América, demonstrou e provou à atenta platéia que não se tratava decididamente de um impostor.

imagesaaCooper começou a sua carreira militar na força aérea, precisamente no Comando Estratégico do Ar. Ali encontrou pessoas que tinham efetivamente participado do acobertamento quanto às naves alienígenas acidentadas e certamente jamais poderia imaginar que isso viria a mudar radicalmente a sua própria vida, durante os próximos anos que transcorreriam.

Deixando a USAF, foi transferido para a marinha, ocasião em que, a serviço no submarino USS Tryoot (SS-416), juntamente com outros membros da sua tripulação, viu as incríveis manobras de dois OVNI que vindos do espaço mergulharam no mar em alta velocidade, desaparecendo em seguida nas profundezas.

Posteriormente ocupou um cargo de inteligência no Naval Security in Intelligence, ocasião em que foi despachado para o Vietnam -tendo exercido comando na qualidade de capitão de um barco patrulha, sediado primeiramente em Da Nang e logo após em outros importantes pontos estratégicos daquele país.

imagesaComo oficial de informações chegavam ao seu conhecimento as intensas atividades dos OVNI que lá por aquelas bandas receberam o nome secreto de “ENEMY HELICOPTERS”, ou helicópteros inimigos, e dessa forma tudo aquilo que elas e seus tripulantes faziam por lá poderia ser transmitido aos órgãos oficiais superiores de inteligência, sem levantar maiores suspeitas.

Na verdade, os reais inimigos, os chamados Vietcongs, jamais dispuseram de helicópteros de combate, exercendo seus confrontos bélicos notadamente através das manobras de guerrilhas nas selvas. As poucas e obsoletas máquinas desse tipo que possuíam foram destruídas através dos raids aéreos, severamente desfechados pelos americanos contra as reduzidas e bastante vulneráveis instalações militares de defesa do Vietnam do Norte.

As mensagens que freqüentemente Cooper e demais setores de inteligência lá sediados transmitiam em código secreto diziam: nossa tropas têm sido ocasionalmente atacadas por esses “helicópteros inimigos” e também as tropas inimigas têm sido ocasionalmente atacadas por esses “helicópteros inimigos”. E, ocasionalmente, pessoas têm desaparecido.

A razão da utilização dessa sutil metáfora, tinha uma explicação: o barco que Cooper comandava não dispunha de
equipamentos para codificação criptográfica de mensagens e o assunto tornava-se por demasiado perigoso para cair no domínio militar em geral, principalmente naquela tumultuada zona de conflito.

Todavia, uma das coisas mais impressionantes que pessoalmente constatara foi que pelo menos UMA ALDEIA
INTEIRA (leia-se, obviamente, todos os seus habitantes) desapareceu em apenas uma noite, devido às atividades dos OVNI!!!

imagesQuando deixou o Vietnam foi designado para o staff do Quartel General do Comando da Frota Norte-Americana no Pacífico, ligado especificamente à comunidade de informações. A partir daí, os mais importantes e ultra-sigilosos documentos ligados aos OVNI começaram, por força do ofício, a passar diante dos seus olhos. Segundo ele, documentos tão incríveis que precisou de algum tempo para acreditar naquilo que efetivamente via!

Dois desses documentos passaram oficialmente pela suas mãos: o PROJETO GRUDGE e um outro denominado OPERAÇÃO MAJORITY. O primeiro continha detalhes quanto ao envolvimento com os alienígenas desde 1936, reportando-se à recuperação de um OVNI acidentado, pelas forças armadas nazistas as quais fizeram várias e infrutíferas tentativas no sentido de obter a sua tecnologia e desenvolvê-la.

Os dados relativos a essas pesquisas foram capturados, juntamente com alguns cientistas germânicos nelas envolvidos, tanto pelos americanos quanto pelos soviéticos, ao término da
Segunda Guerra Mundial.

Porém, continuava o documento, os americanos deixaram de se preocupar com aqueles dados, quando precisamente no ano de 1947 fora resgatado um OVNI acidentado, juntamente com os estranhos cadáveres dos seus tripulantes, na região e Roswell, Novo México. Os assuntos secretos contidos no projeto Grudge incluíam – e Cooper realmente viu- as fotografias dos alienígenas mortos, também da espaçonave resgatada, bem como do alienígena VIVO; das autópsias efetuadas e dos órgãos internos daquelas criaturas!!!

imagessssssssE mais: dizia que o tal alienígena resgatado com vida fora mantido sob custódia até 2 de junho de 1949, ocasião em que veio a falecer. Nesse Projeto também constavam as operações  desenvolvidas pelo Governo Americano no sentido de fazer voar algumas naves alienígenas resgatadas a partir de diversos acidentes, algumas delas recuperadas intactas. A operação batizada de REDLIGHT (luz vermelha , ou figurativamente sinal de alerta) fora primeiramente conduzida na área de testes de Tonopah, em Nevada, e depois transferida para outras instalações secretas, mandadas erigir por ordens diretas do presidente Eisenhower, denominadas ÁREA 51 ou ainda DREAMLAND (Terra dos Sonhos). A primeira tentativa para fazer voar um OVNI foi levada a efeito em 1962, quando talvez por inabilidade dos militares americanos que tentavam tripulá-lo, resultou em um lamentável acidente o qual provocou uma explosão tão imensa no céu, que não só destruiu a nave como também matou todos os pilotos, chegando mesmo a ser vista e ouvida em nada menos que três estados do país!

A partir daí, fora suspensa a Operação Redlight, até que posteriormente voltou a ser retomada quando entidades
alienígenas, mediante uma acordo de cooperação mútua que fora mantido com o governo, cederam três das suas próprias naves e pessoalmente auxiliaram os americanos quanto ao domínio das suas técnicas de operação e vôo. da mesma forma que diversas outra conquistas tecnológicas, apresentadas pelos EUA desde o término da Segunda Guerra Mundial, estariam diretamente relacionadas com a tecnologia cedida pelos alienígenas!

imagessaAssim como o incrível caça-bombardeiro STEALTH (furtivo), ultra-veloz e além de tudo invisível aos olhos e radares de detecção. Aliás, abramos um parêntese para aqui lembrar que os alienígenas certamente não seriam tolos bastantes ao ponto de nos fornecer integralmente a sua fantástica tecnologia, pelo simples fato de a mesma ter o potencial de voltar-se um dia contra eles próprios. contudo, o arrojado caça-negro Stealth -dotado de um formato deltóide, reduzidas dimensões e capaz de realizar incríveis manobras- é espantosamente em quase tudo bastante semelhante a um OVNI.

A palestra de Cooper abordou inclusive a farsa que seria a suposta hostilidade existente entre os EUA e a atualmente extinta URSS. Na verdade, afirmou ele, a União soviética e os Estados Unidos foram estritos aliados desde o final da Segunda Guerra Mundial e estiveram trabalhando conjuntamente no programa espacial secreto, durante bastante tempo.

Com relação à operação MAJORITY. as revelações foram ainda mais surpreendentes: MAJESTY era a palavra em código, utilizada pelo presidente dos Estados Unidos para velar as comunicações referentes aos alienígenas. A Operação MAJORITY, propriamente dita, encobria e era responsável por todos os aspectos, projetos e conseqüências da presença alienígena na Terra. MJ-12 era denominação do grupo secreto que o controlava.

O então presidente, Eisenhower, estabeleceu uma sociedade secreta, conhecida como THE JASON SOCIETY, ou ainda JASON SCHOLARS, para especificamente apurar todos os fatos, evidências, tecnologias, verdades e mentiras sobre essa presença alienígena. Essa “sociedade” era composta por 32 dos mais proeminentes homens do país, dentre cientistas e militares, os quais se reconheciam através dos codinomes J-1, J-2, J-3 e assim sucessivamente. O então diretor da CIA era obviamente o J-1 e por sua vez também diretor do MJ-12. Os fundos para essas atividades secretas teriam sido obtidos através do comércio ilegal de drogas que, reunindo o útil ao agradável serviria também para eliminar os elementos mais fracos da sociedade americana!

A indignação com esses fatos, ou seja, a presença dos alienígenas e também a movimentação envolvendo as drogas, teria representado a sentença de morte do presidente John Kennedy, assassinado a mando do MJ-12, quando os confrontou e ameaçou revelar toda a verdade à opinião pública!

A denominação MAJI era a sigla de MAJORITY AGENCY FOR JOINT INTELLIGENCE, encarregada de toda informação, desinformação e demais serviços de inteligência associados ao MJ-12, em conjunto com a CIA, NASA e demais agências de defesa e segurança do governo.

SIGMA era o nome do projeto que primeiramente desenvolveu comunicações com os alienígenas. PLATO, por sua vez, era o codinome da operação secreta responsável pelas operações ditas diplomáticas com essa raça alienígena e também pela celebração do tal “acordo” mútuo.

MAJIC, abreviatura de MAJI CONTROLED, era uma classificação de segurança para velar e resguardar todo e qualquer material, projetos e informações concernentes às atividades decorrentes desse acordo. AQUARIUS, a denominação de um projeto que compilava a história dos alienígenas, sua presença e interação com o Homo Sapiens, deste planeta, desde os últimos 25.000 anos. POUNCE, a codificação de outro projeto, destinado especificamente à recuperação das naves alienígenas acidentadas e seus tripulantes, vivos ou mortos!

JOSHUA e EXCALIBUR, já conhecemos: armas em fase de testes, visando à tentativa de eliminação dos OVNI e também dos alienígenas que as tripulam, assim como das suas bases secretas aqui estabelecidas.

Quanto aos alienígenas, propriamente ditos, Cooper revelou que existem quatro tipos principais mencionados nos documentos secretos a que teve acesso:

1 – os CINZAS, dotados de grandes narizes, com os quais foi celebrado o tratado.

2 – Os CINZAS HUMANÓIDES, reportados nos diversos casos de abduções de humanos e (grifo nosso) que estão intimamente associados e trabalham para os outros, dotados de grandes narizes.

3 – os tipos LOUROS, à semelhança dos nórdicos, dotados de aparência humana.

4 – os ALARANJADOS, dotados de cabelos vermelhos e também de aparência humana.

Relativamente às origens de alguns deles, comprovadamente teriam sido identificados pelos Órgãos de Inteligência Norte-Americanos as criaturas procedentes de certos planetas situados ao redor da Constelação de Órion, bem como das estrelas Barnards e Zeta Reticuli-I e II.

KRLL, ou CRLL, era por sua vez o nome do primeiro “embaixador” dos alienígenas cinzentos, os tais dotados de
grandes narizes, que aterrissaram na Base Aérea de Holloman e que fora deixado em poder dos americanos como parte do tratado, visando a fornecer uma espécie de garantia ao fiel cumprimento do mesmo por parte daquelas criaturas. O documento dizia que a coisa chamada KRLL, após um certo tempo, ficou doente e antes de falecer foi tratada pelo dr. G. Mendoza, que assim se tornou o primeiro especialista em medicina e biologia alienígena.

KRLL e também os demais alienígenas disseram-se criadores do Homo Sapiens através de hibridação, bem como estarem por trás da maioria das nossas religiões (e,acrescentamos, se isso for verdade, estamos muito mal!). Seriam capazes de viajar no tempo e no próprio espaço e até teriam apresentado como prova disso uma espécie de holograma mostrando as cenas supostamente reais da crucificação de Cristo! Aliás, disseram-se os criadores do próprio Cristo!

Essas criaturas teriam aqui na Terra, além de diversas bases submarinas, outras quatro que naquela época situar-seiam em Utah, Colorado, Novo México e Nevada; além de mais SEIS nas áreas pertencentes às reservas indígenas, sendo a principal em DULCE -tudo isso somente nos EUA!

O documento secreto continuava, relatando que diversas aeronaves alienígenas foram resgatadas por motivo de acidentes. As primeira foram em Roswell, Aztec, uma outra novamente em Roswell, além de Texas, México e vários outros lugares. Se reporta sobre os seqüestros de animais e criaturas humanas, recolhimento de óvulos das fêmeas e esperma dos machos, bem como a respeito dos implantes de dispositivos esféricos de 40 a 80 milímetros, destinados a exercer total controle sobre os humanos -introduzidos através das narinas e estabelecidos em uma área cerebral próxima ao nervo ótico.

Relata, também, que as primeiras tentativas efetuadas, a partir de 1947, para retirá-los resultaram nas mortes dos pacientes!

E, para digamos assim, fechar com chave de ouro as declarações de Cooper, conheçamos as “alternativas” previstas na Operação Majority para o caso de essas informações virem a se tornar públicas antes do tempo adequado ou ainda em caso de um ataque direto promovido pelos alienígenas:

Deverá ser anunciado pelas autoridades que um suposto grupo terrorista penetrou nos Estados Unidos, munido de um artefato nuclear destinado a ser detonado em uma grande cidade. A lei marcial será imediatamente decretada e todas as pessoas implantadas pelos alienígenas, bem como os dissidentes, serão confinados em campos de concentração. Imprensa, rádio e televisão serão “nacionalizados”, para controlar todas as informações. E qualquer um que tente resistir será preso ou EXECUTADO!

O segundo plano, que ainda parece estar em vigor, consiste em conter ou retardar informações pertinentes à verdade envolvendo os alienígenas. Através de manobras de contra-informação as mais variadas. O objetivo principal será confundir, liberar falsas notícias e indicar matérias que não existem para que resultem em buscas infrutíferas, desmoralizando assim a todos que se aproximarem em demasia dessa verdade!

Fonte: OVNIs – Mistérios Desvelado a Incrível Verdade! Sérgio Russo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s