Sonda Cassini Detecta Ingrediente Plástico Em Satélite de Saturno

Titã, o maior Satélite de Saturno.

Titã, o maior Satélite de Saturno.

A NASA, faz uma interessante descoberta em lugar remoto do sistema solar, onde jamais poderiamos pensar existir tais compostas que serve para fabricarmos plástico na Terra.

Pela primeira vez, um químico essencial para a criação de plástico na Terra foi encontrado em um lugar distante em nosso sistema solar: a Lua Titã, de Saturno.

A descoberta, feita pela sonda Cassini da NASA que está atualmente orbitando Saturno, descobriu que a atmosfera de Titã contém propileno, um ingrediente chave de recipientes plásticos, para-choques automotivos e outros itens utilizados diariamente na Terra. Os cientistas da NASA anunciaram a descoberta com um vídeo descrevendo a descoberta de propileno em Titã.

Este químico está por toda a nossa volta em nosso dia-a-dia, em longas cadeias que formam um plástico chamado de polipropileno“, disse Conor Nixon, cientista planetário da NASA.

Os cientistas usaram o espectrómetro infravermelho composto (CIRS), que mede a luz infravermelha emitida por Saturno e suas luas, para fazer a descoberta.

O novo estudo ajuda a resolver um mistério de longa data sobre a atmosfera de Titã. Quando a sonda Voyager 1 conduziu o primeiro voo próximo dessa lua em 1980, ela reconheceu gases na atmosfera marrom da lua como sendo hidrocarbonetos.

Os cientistas descobriram que hidrocarbonetos – que constituem os combustíveis fósseis na Terra – se formam em Titã após a luz solar quebrar as moléculas de metano e os químicos reagruparem em cadeias de dois ou mais carbonos. A Voyager encontrou evidências dos pesados hidrocarboneto e propano, e também do mais leve da família, propino.

Os químicos de peso médio, tais como o propileno, estavam faltando nos dados do Voyager.

Titã tem aproximadamente metade do tamanho da Terra e é a segunda maior lua do sistema solar, perdendo somente para Ganimedes, de Júpiter. Titã é também a única lua do sistema solar que possui nuvens e uma atmosfera similar à de um planeta, a qual é composta principalmente de nitrogênio e metano.

Cassini foi lançada ao espaço em 1997 e chegou na órbita de Saturno em julho de 2004. A missão deve continuar até 2017, quando a sonda será lançada contra a atmosfera de Saturno.

Fonte: http://ovnihoje.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s